LÍBIA

Por motivos de vestígios das guerras que deixaram as nações inteiras em ruína, servidão militar indefinida, conflito violento e miséria, migrantes de pelo menos uma dúzia de países do continente africano fizeram da Líbia o maior fluxo de migração africana moderna.

Entre os caminhos percorridos pelos imigrantes, a rota de passagem da Líbia para a Itália é mais longa e perigosa – de acordo com a IOM, mais de 2,5 mil imigrantes morreram tentando fazer essa travessia no ano de 2015.

Segundo a MSNBC, além das dificuldades de travessia pelo Mediterrâneo, para chegar à Líbia, os migrantes primeiro devem passar meses, ou anos, atravessando o Sahaara ou países em conflitos armados violentos.

O deserto transformou-se em um enorme centro de contrabando de seres humanos, com pessoas sendo transportadas entre campos de refugiados, casas escondidas, até mesmo colocadas no interior de caminhões. E, agora, aqueles que conseguem chegar ao destino são expostos a escravidão em sua forma mais cruel, como tem mostrado diversas mídias.

A IGREJA NA LÍBIA

A Líbia, hoje com 96.1% da população muçulmana, teve uma presença forte cristã. A própria Bíblia cita que os líbios estavam presentes no dia de Pentecostes, em Jerusalém. Mas o tempo passou e, com o surgimento do islã nessa região, a Igreja foi quase esquecida – atualmente, apenas 3.1% da população líbia é cristã, sendo que apenas 0.31% de linhagem cristã evangélica.

De acordo com a Portas Abertas , “cristãos ex-muçulmanos são rejeitados por membros da família. Por causa da opressão causada pela intolerância da sociedade e dos parentes, os cristãos quase não se atrevem a informar aos outros sobre sua nova fé. Inclusive, por causa disso, muitos fogem de sua terra natal”.

QUAL O VALOR DE UMA VIDA QUANDO O PREÇO JÁ FOI PAGO?

“…e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda tribo, língua, povo e nação.” Apocalipse 5:9b

Temos vivenciado uma série de notícias devastadoras a respeito da deteriorização humana. Pessoas sendo tratadas como se fossem menos que humanas por diversos fatores; um mal-estar, uma angustia provocada pela distância que o homem tem tomado de Deus. A pergunta que devemos fazer é:

Como nós, Igreja, podemos responder a fatos como esse?

Em Atos 12:5, a Bíblia conta a posição da igreja quando Pedro estava preso: “mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus“.

Como devo orar?

Com amor:Orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos.” Tiago 5:16

Com fé e perseverança:Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto.” Tiago 5:17,18

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *